Tecnologia SDL, proprietária da montadora americana, será usada pela Toyota, com o objetivo de criar um ambiente favorável para desenvolvedores

O setor automotivo vive um momento inédito, com grandes montadoras declarando folgas e férias antecipadas a fim de economizar custos variados. Por outro lado, o aspecto inovativo do mercado continua em franca evolução. Desta vez, é a Ford que vem com um anúncio interessante: a plataforma SDL, desenvolvida pela empresa americana, será disponibilizada para outras montadoras.

Conforme divulgação feita pela própria forma, a SDL (ou SmartDeviceLink) acaba de ser adotada pela japonesa Toyota, que fará uso da tecnologia em seus automóveis. Em uma conversa rápida com o Up To Tech, David Borges, Supervisor de Soluções em Conectividade da Ford América do Sul, disse que o objetivo é justamente criar um ambiente favorável à presença de desenvolvedores, para que criem material específico para o setor automotivo, além de que outras montadoras “tenham acesso ao compartilhamento de conteúdo e possam desenvolver soluções para enriquecê-la [a plataforma]”.

A Ford não informou se outras montadoras, além da Toyota, já adotam a plataforma SDL ou ainda se já está em conversas com outras empresas do ramo para isso. Contudo, é de se esperar que sim, uma vez que a tecnologia, de código aberto, tenha um caráter colaborativo. Foi através da SDL que a Ford conseguiu criar a aplicação AppLink, que está presente nos carros mais recentes da montadora americana.

Isso não significa que todos os sistemas automotivos serão iguais. David explica que as montadoras que participarem dessa colaboração terão uma parte própria para cuidarem. “A montadora que optar pelo uso da SDL ficará responsável pelo desenvolvimento da interface HMI (Human Machine Interface, ou Interface Homem-Máquina), permitindo diferenciar-se das demais”. Pela tecnologia ser de código aberto, o termo assinado ainda não exige licenciamento, conforme ressaltou o executivo. O acordo ainda prevê a participação da Livio, uma subsidiária da Ford e mantenedora da plataforma SDL.